Contactos

Solar Power Energia Limpa

  • Pessoa de contato: João Monteiro
  • Telefone: +55 (71) 3432-07-56
  • +55 (71) 99673-63-46
  • +55 (71) 99383-13-36
  • Skype: SolarPowerBrasil
  • Endereço postal: Rua Doutor Girino Souza Filho, 420, casa 279 Cond. Casa do Bosque - Cagi, Lauro de Freitas, Bahia, 42700000, Brasil

Renovações do site

IPTU Verde

IPTU Verde

23/04/15

24/03/2015 15h33 – Atualizado em 24/03/2015 15h33
‘IPTU Verde’ é lançado e dá desconto de até 10% para práticas sustentáveis

Decreto foi assinado pelo prefeito ACM Neto em cerimônia nesta terça-feira.
Acesso ao desconto ocorre mediante certificados de bronze, prata ou ouro.
Do G1 BA
Foi assinado nesta terça-feira (24) o decreto que regulamenta o chamado "IPTU Verde", projeto da prefeitura de Salvador. Segundo o anúncio, será concedido desconto de até 10% no tributo a proprietários de imóveis que adotem medidas de sustentabilidade. O prefeito ACM Neto assinou o decreto com a presença de representantes do setor imobiliário e da construção civil no Palácio Tomé de Souza.

É preciso ter certificado para ter acesso ao desconto – o de bronze (mínimo de 50 pontos), o de prata (70 pontos) e o de ouro (100 pontos). Segundo a prefeitura, cada medida adotada serve de ponto: redução no consumo de água, descarga com duplo comando, aproveitamento de águas pluviais em 90% da área de cobertura. O proprietário que adotar as medidas propostas pode obter 100 pontos, que se refere a desconto de 10%.

Segundo a prefeitura, as condicionalidades serão verificadas a cada três anos. O certificado vai ficar visível para servir de modelo para outros proprietários. O benefício será cancelado em caso das ações terem sido descaracterizadas.

A prefeitura informa que o certificado será emitido quando apresentadas as certidões negativas de débitos mobiliários e imobiliários, e da inexistência de pendências no Cadastro Informativo Municipal (Cadin). Continuam recebendo o benefício os contribuintes que anualmente estiveram em situação de regularidade fiscal.

Podem participar proprietários residenciais e não residenciais. Além disso, também os terrenos declarados como não edificáveis, que não sejam exploráveis economicamente e que estejam em Área de Proteção Ambiental (APA). Nesses casos, informa a prefeitura, eles terão redução de 80% no valor venal para apuração do valor do IPTU. As APAs são: Bacia do Cobre/São Bartolomeu, Baía de Todos os Santos, Joanes/Ipitanga e Lagoas e Dunas do Abaeté.

Fonte: Prefeitura de Salvador